14 de dezembro de 2010

Clipe novo do Fujiya & Miyagi: Yo Yo

Tá aí o clipe do novo single do Fujiya & Miyagi, Yo Yo. A música faz parte do disco Ventriloquizzing, que sai no dia 25 de janeiro.

O vídeo segue a temática do álbum, e mostra uma espécie de competição de talentos cheia de jogadas sórdidas.

13 de dezembro de 2010

Lulina dá mimo de natal aos fãs

A partir de hoje, a Lulina irá disponibilizar uma música inédita por dia no seu site. As faixas fazem parte do novo disco dela Meus Dias 13, que foi todo feito através de colaborações de várias pessoas pela internet.
Por enquanto as canções só estão disponíveis para streaming, mas mas no final dessa semana o disco completo estará disponível para download.
Para conhecer melhor o projeto e ouvir algumas das faixas já publicadas, é só clicar aqui.
13 de dezembro - nada mal by lulilandia

Clipe novo do Broken Social Scene: Texico Bitches

Só espero que eles tenham usado calda de chocolate nas filmagens.

9 de dezembro de 2010

Dominódromo indica: White Lies @ Hotel Unique

Eu já tinha dado a dica da nossa discotecagem no Alley amanhã, mas tenho mais uma para quem quiser começar a se divertir mais cedo.

Amanhã rola a primeira edição brasileira do Design for Humanity, com show do White Lies, além de exposição de obras das galerias Emma Thomas e Alma Surf, e ainda uma intervenção da Choque Cultural, que desenvolve uma gravura em série exclusiva para o DFH.

Para participar do evento, que visa arrecadar dinheiro para a Plataforma de Centros Urbanos, apoiada pela Unicef, é só fazer uma doação de no mínimo 95,00, em algum dos pontos oficiais.

Para mais informações, é só acessar o site do projeto.

Serviço
Design For Humanity @ Hotel Unique
10/12 às 21h
Show: White Lies
Entrada: doação mínima de 95,00
Endereço: Av. Brigadeiro Luis Antônio, 4.700

Amanhã tem discotecagem do Dominódromono no Alley. Temos alguns vips, tá a fim?

Amanhã, 10/12, rola a última discotecagem do Dominódromo em 2010, e a gente está empolgadão para fechar o ano com chave de ouro. A festinha rola lá no Alley, e a gente tem alguns pares de vips para sortear. Se quiser concorrer, é só mandar um e-mail para contato@dominodromo.com.br com seu nome completo e uma música que você queira ouvir amanhã, lá no Alley.

A gente vai contatar os ganhadores por e-mail até amanhã, às 19h.

Serviço

Sexta-feira no Alley
10/12 às 23h30
DJs: Karen Kopitar e Fernando Araújo (Dominódromo), Dj Solteira, Diego Bis e Goos
Entrada: R$ 20,00 (porta) e R$ 10,00 (com flyer até 1h)
Endereço: Rua Barra Funda, 1066 - Barra Funda

23 de novembro de 2010

Ecos Falsos lança o seu segundo disco, Quase, nesta quinta 25/11, no Estúdio EMME. Quer ganhar um par de vips para a noite?

Nessa quinta-feira, 25/11, rola o lançamento do segundo disco do Ecos Falsos, Quase, no Estúdio EMME. O disco vem acompanhado de nada mais nada menos do que um livro com histórias criadas pela banda, letras, cifras, comentários de produção e um reality show por escrito, mostrando as brigas da banda durante a composição do disco.

A abertura do show fica a cargo do Jair Naves, e o show do Ecos Falsos ainda recebe as participações especiais de Érika Martins, Felipe Barba, Julia Jups, Rafael Laguna e Martim Batista.

A discotecagem fica por conta dos blogs Move That Jukebox e Fita Cassete.

Quer ganhar um par de vips para a noitada? Segue o Dominódromo (@dominodromo) lá no twitter e fica esperto que a gente vai anunciar lá quando a promo estiver valendo.

Serviço:

Ecos Falsos @ Estúdio EMME
25/11 às 23h30
Shows: Ecos Falsos e Jair Naves
DJs: Move That Jukebox e Fita Cassete
Entrada: 20,00 (antecipada no compreingressos.com) e 25,00 na porta
Endereço: Av. Pedroso de Morais, 1036 - Pinheiros
Tel: 11 3031-3290

13 de novembro de 2010

Eletronika traz ao Brasil Tanlines, Hallogallo, Señor Coconut e mais um monte de coisas legais

No dia 17/11 começa mais uma edição do festival Eletronika, em Belo Horizonte, com uma programação recheada de artistas bacanérrimos, debates e workshops.

As atrações internacionais vão da dupla Tanlines (queridinhos do Dominódromo), um dos nomes mais promissores do Brooklyn, até o divertido Señor Coconut com suas versões latinas de clássicos de gente como Michael Jackson, passando pelo Hallogallo, projeto do Michael Rother (ex Kraftwerk e Neu!) e Steve Shelley (Sonic Youth).

E para quem não pode ir até BH, algumas das atrações também desembarcam aqui em São Paulo durante as próximas semanas. No dia 16/11 o Tanlines se apresenta no Studio SP, no dia 23/11 o Hallogalo toca no Sesc Vila Mariana, e no dia 25/11 é a vez do Señor Coconut levar a sua orquestra ao Comitê Club.

Serviços:

Shows Eletronika
17 de novembro, 20h
Artificiel - Teatro Alterosa (para convidados)

18 de novembro, 22h
Show Espaço 104
“Da África para o Ponte Brooklin e São Paulo”: Holger + Tanlines

19 de novembro, das 21h às 22h30
Programação “Experimenta” – Teatro Alterosa: O Grivo
Show Espaço 104: Wilson Surkoski + Showcase Serrasônica (Iconili, Rogermoore, OscilloID)

20 de novembro
21h: Programação “Experimenta” - Teatro Alterosa: FAQ
22h: show Espaço 104 - Cumbiatronic: Patricktor4, ZZ Records apresenta: Fauna + Villa Diamante, Cómeme apresenta: Sanfuentes + Rebolledo

21 de novembro, 19h
Programação “Krautrock encontra batidas latinas”: Show Espaço 104
Hallogallo 2010 e Señor Coconut y su Orquestra

Todos os shows são gratuitos
Espaço 104: Praça Ruy Barbosa, 104 – Centro
Teatro Alterosa: Avenida Assis Chateabriand, 499 – Floresta

Tanlines @ Studio SP
16/11 às 23h
DJ: Dago Donato
Ingressos: R$ 30,00 (antecipado)
Endereço: Rua Augusta, 591 - Consolação

Hallogallo @ Sesc Vila Mariana
23/11 às 21h
Ingressos: R$ 32,00 (inteira) e R$ 16,00 (meia)
Endereço: Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana

Señor Coconut @ Comitê Club
25/11 às 0h
Ingressos: R$ 60,00 (antecipado)
Endereço: Rua Augusta, 609 - Consolação

18 de outubro de 2010

MP3 do dia - White Denim


No basquete, costuma-se dizer que os grandes jogadores "let the game come to them", ou, ao pé da letra, deixam o jogo vir a eles. Por pura compreensão do ritmo da partida, da defesa adversária, dos companheiros de time, quando o momento pede, tomam as rédeas; quando não, cuidam dos pequenos detalhes. Eles simplesmente SENTEM o jogo.

O White Denim deixou a música vir a eles, finalmente. Agora, não precisam mais tentar tão avidamente impressionar com seus infinitos recursos técnicos. As firulas estão a serviço de um som cristalizado, bem resolvido e com um objetivo claro em mente.

Last Day of Summer é o meio termo exato entre o calor de sons clássicos (rock, soul, jazz) e o asseio da erudição. E a maior surpresa: é um disco pop! Impressiona como o White Denim consegue extrair tantas pérolas acessíveis de uma fundação tão quebradiça e experimental.

Sabe quando você está apreciando uma melodia e, de repente, percebe infinitos detalhes correndo por baixo dela? Momentos assim acontecem pelo álbum todo.

E o mais surpreendente? O disco é gratuito e pode ser baixado aqui. Segundo a banda, nem faz parte da discografia. O terceiro álbum, o oficial, está sendo gravado neste momento.

Já temos um MVP para a temporada de 2011?


[MP3: white denim - tony fatti]
do álbum Last Day of Summer (2010)

FICHA
Quem: White Denim
Onde: Austin (EUA)
Myspace: http://www.myspace.com/whitedenimmusic

14 de setembro de 2010

Clipe novo do Twin Shadow: Castles in the Snow

Nós já falamos sobre o Twin Shadow aqui no Dominódromo. Ele é autor de uma das cinco melhores músicas de 2010, Slow, que você pode ouvir aqui.

O rapaz acaba de lançar um novo (e ótimo) vídeo. É para a música Castles in the Snow. O apreço pela nostalgia continua. E o mais interessante: as imagens são de São Paulo. Alguém conhece de onde elas foram tiradas?


Twin Shadow - Castles In The Snow Directed by Jamie Harley from Twin Shadow on Vimeo.

13 de setembro de 2010

MP3 do dia - How to Dress Well e Holy Other

R&B, hoje, é música pasteurizada. Existe uma máquina bem engrenada, de produtores, fórmulas e participações especiais, por trás dos hits que você adora. Acho tudo um tanto cínico. Até a sacanagem nas letras, abundante, soa calculada. O cara diz que vai garfar a moçoila na pista de dança, mas não convence; se a moça dissesse sim, ele provavelmente se diria impedido por algum contrato com o patrocinador ou medo de ser fotografado pelo TMZ.

No cenário acima, cê acha que o R. Kelly deixaria barato? A parada era outra no passado: mais artística, mais ousada, mais real. A formação da cara contemporânea do gênero ainda estava em curso, liderada por aqueles que ainda assumiam riscos e novos caminhos.

Ouvir "Take It On", do How to Dress Well, e o seu remix, do Holy Other, foi empolgante. Ambas sugerem novas possibilidades para o R&B, cada uma do seu jeito.

A reinvenção começa na música original. O minimalismo do How to Dress Well é romântico: despe o gênero dos seus excessos e concentra-se em manipulações dos marcantes vocais do estilo. Imagine o Steve Reich loopando os melismas de um coral de D'Angelos.


[MP3: how to dress well - take it on]
do single Take It On (2010)

O Holy Other chega para passar três mãos de tinta preta sobre Take It On. O soul do vocal original foi vendido para alguma entidade pagã. A uma voz tornou-se milhares, graves, agudas, fracionadas, arrastadas. Não sei o que dizem: os efeitos e a repetição transformam as frases em juras que são promessas que são profecias que são ameaças; o sujeito do falseto, acredite, fará coisas profanas contigo. Pouco mais é necessário: palmas, estalos de dedos, rajadas de percussão eletrônica e um insistente cama sintetizada. Climão. A black music e o gótico harmonizam em suas diferentes negritudes. Quem diria.


[MP3: how to dress well - take it on (holy other remix)]
do single Take It On (2010)

FICHA
Quem: How to Dress Well / Holy Other
Onde: Brooklyn, EUA / Berlim, Alemanha
Myspace: How to Dress Well / Holy Other

10 de setembro de 2010

Holger lança seu primeiro disco, Sunga, nesse sábado, com abertura do Lemonade (EUA). Ganhe ingressos!

Nesse sábado rola uma festa mais do que especial no Estúdio EMME: o lançamento do tão aguardado disco de estreia do Holger, Sunga.

Não faltam motivos para ir. Além do showzaço do Holger, os caras trouxeram o incrível Lemonade, diretamente dos Estados Unidos, para abrir o show, e entre as bandas ainda rolam discotecagens do Dago (Explode, Neu) e do Kurc.

Quem quiser ir na faixa nessa noitada, é só seguir o Dominódromo (@dominodromo) no Twitter que a gente vai sortear ingressos por lá. É só ficar ligado.

Mais um detalhe: quem for no show de lançamento pode guardar o ingresso, e depois comprar o Sunga com um descontinho camarada de R$ 5,00 nos próximos shows do Holger. É só apresentar o próprio.

Enquanto isso fica aí com o clipe novo do Holger e um do Lemonade também para já ir entrando no clima:

Serviço:

Lançamento do disco Sunga do Holger @ Estúdio EMME
11/09 às 23h30
Show: Holger e Lemonade (EUA)
DJs: Dago e Kurc
Ingressos: R$ 25,00 (antecipado ou lista: lista@estudioemme.com.br) R$ 35,00 (porta)
Ingressos antecipados pelo site
http://www.compreingressos.com/espetaculos/88-Show_de_lançamento_do_disco_Sunga,_do_Holger_+_Lemonade_(USA)+, pelo telefone 11 2626-5835, ou na bilheteria da casa.
Endereço: Av. Pedroso de Morais,1036 - Pinheiros

9 de setembro de 2010

MP3 do dia - Solar Bears


Quase toda repetição em uma música dispara "Krautrock!" na minha cabeça. Trata-se de um vício meu. A repetição não é uma característica obrigatória do gênero; é somente uma das mais marcantes. E mencionar esta referência é quase sempre um atalho preguiçoso para meus textos, confesso.

Veja o caso dos Solar Bears, por exemplo. Quase segui este rumo: repetição = krautrock = blablabá. Seria uma injustiça, um rótulo muito específico para o som deles.

Vamos dizer que eles são pós-rock, por ora, vai.

Sim, a repetição cumpre a mesma função de transe do kraut. Parece tentar alocar sua mente em um trilho de expectativa, inescapável, à mercê dos caprichos da música. Os Solar Bears são bem caprichosos: por que não cortar a elegância sintetizada de Ennio Morricone com passagens de violão dedilhado, gravações de campo ou uma explosão de guitarras sujas? Eles colocam o tapete sob seus pés e aguardam pela acomodação, só para puxá-lo duas, três vezes.

A dupla irlandesa é indócil. Prefere não se aderir a gêneros musicais. Não há ortodoxias, se não a própria. Este espírito é bem krautrock, é bem pós-rock, é bem pós-moderno, ôpa se é. Comparações com outros artistas atuais, você pergunta? Se pressionado, diria Holy Fuck, Bibio e, com um pouco mais de distância, Black Moth Super Rainbow. Todos compartilham da mesma curiosidade analógica/digital. Todos são tão sensacionais quanto.

She Was Coloured, o primeiro álbum completo, sai ainda neste ano. Promete.


[MP3: solar bears - trans waterfall]
do EP Inner Sunshine (2010)

FICHA
Quem: Solar Bears
Onde: Dublin, Irlanda
Myspace: http://www.myspace.com/solarbears

28 de agosto de 2010

Cansado de ingresso caro para ver banda gringa? Apoie esta causa: Under30 Series com Javelin (EUA), hoje, por só R$30!

 Duas coisas andavam nos incomodando:

1) Os preços absurdos dos shows internacionais. O povo enlouqueceu.
2) A ideia de que conhecemos mais e mais bandas incríveis pela internet, mas que nunca poderemos vê-las ao vivo.

Isto nos fez pensar: será que não podemos fazer algo sobre isso?

O projeto Under30 Series foi a resposta que encontramos. O conceito é simples e direto: artistas gringos com menos de 30, ingressos a míseros R$30.

Bom demais para ser verdade? Olha, é quase. Precisamos da sua ajuda para garantir as próximas edições. Se a coisa virar, conseguiremos trazer ainda mais bandas incríveis, sempre com ingressos a este precinho camarada.

A banda da primeira edição é o Javelin, sobre o qual você pode ler aqui. Foi o show mais empolgante que vimos em 2009, cheio de referências, improvisos e sonoridades incríveis. Não conseguimos ficar parados. Depois deles, o 4e20 garantirá o descontrole na pista.

Ah, e temos uma novidade para contar: traga um dinheirinho extra, pois o pôster acima, criado pelo incrível Oga Mendonça, estará à venda. O preço? Só 15 reais!

Se você gosta de Javelin, não tem razão para não ir. Se você não conhece o Javelin, mas gosta de música nova e dançante, não tem razão para não ir: temos certeza de que o show da dupla te converterá em um fã. Foi isto que aconteceu conosco. Venha fazer parte desta causa e se divertir como nunca!

SERVIÇO
Under30 Series com Javelin @ Estúdio EMME
28/08 às 23h30
Show: Javelin (myspace.com/hotjamzofjavelin)
DJs: Dominódromo (mtv.com.br/dominodromo) e 4e20 (4e20.org)
Ingresso: R$ 30,00 - venda antecipada no site da Compre Ingressos, pelo telefone 11 2626-5835, ou na bilheteria da casa, das 15h às 21h, ou em horário de funcionamento da casa
Endereço: Av. Pedroso de Moraes, 1036 – Pinheiros
Aceita cartões Visa e Mastercard
Ar condicionado
Valet: R$ 15,00

24 de agosto de 2010

Especial Javelin: Ouça uma prévia do show do Javelin (EUA), que toca em SP no dia 28/08

Estamos em contagem regressiva! Nesse sábado acontece a primeira edição do nosso novo projeto Under30 Series, que trará ao Brasil artistas gringos com menos de 30 anos, com ingresso a 30 reais.

A primeira banda escolhida para fazer parte dessa história é o Javelin, que mais do que mora nos nossos corações. Para celebrar esse momento, vamos fazer um especial durante toda essa semana, com posts diários sobre a dupla.

Hoje eu separei para colocar aqui a participação deles na Daytrotter Session. Dá para ouvir quatro faixas ao vivo do novo disco deles, No Mas.

Apoie esta ideia! Se a coisa virar, outras edições com mais artistas incríveis de fora rolarão, pelo mesmo precinho camarada.

Serviço:

Under30 Series com Javelin @ Estúdio EMME
28/08 às 23h30
Show: Javelin
DJs: Dominódromo e 4e20 (
http://www.4e20.org/)
Ingresso: R$ 30,00 (venda antecipada no site da Compre Ingressos, pelo telefone 11 2626-5835, ou na bilheteria da casa, de terça a domingo, das 15h às 21h, ou em horário de funcionamento da casa. Em nenhum dos casos será cobrada taxa de conveniência)
Endereço: Av. Pedroso de Moraes, 1036 – Pinheiros
Aceita cartões Visa e Mastercard
Ar condicionado
Valet: R$ 15,00

Especial Javelin: Conversamos com a dupla americana sobre criatividade, lugares fictícios e o show deles por aqui. Veja a entrevista!

Na expectativa pelo show do Javelin, dia 28, no Estúdio Emme, fizemos uma entrevista com o Tom Van Buskirk, metade da dupla. Para saber mais do show e do projeto Under30 Series, confira este post aqui.


 foto: http://brooklynvegan.com

Para começar, qual é o lance do Javelin?

Ouvir discos antigos, estranhos e obscuros, e tentar se divertir ao máximo, seja loucamente ou na boa.

Lembro-me de ouvir a sua música pela primeira vez e pensar: isso soa tão original e tão nostálgico ao mesmo tempo! É díficil distinguir se um certo som é de uma música velha, um instrumento tocado por vocês ou alguma nova geringonça digital. Este paradoxo é algo que vocês buscam deliberadamente? vocês queriam criar uma era só de vocês?


EU acho que você está no caminho certo. Qualquer pessoa que grava música está criando um lugar fictício - a maioria dos discos que ouvimos não existe no mundo real. Este nosso lugar fictício inclui tempo e era, com certeza.

Vocês parecem ser apaixonados por ideias, improvisando nas suas performances ao vivo e bolando coisas incríveis como a transmissão em FM para boom boxes e as capas de vinis de sebo silkados. Vocês se enxergam como dois caras criativos que por um acaso estão em uma banda?

Nós somos pessoas criativas com uma tendência a fazer musica. Aprendemos com outros tipos de
criativos que, para usar todo o potencial da sua criatividade, é necessário ir além da música somente. Nós definitivamente ficamos empolgados com ideias tão frequentemente quanto ficamos por sons.

Uma referência legal para ilustrar esta criatividade: a XLR8R desafiou a dupla a criar uma música em uma tarde só, usando somente o equipamento de turnê e fitas cassete de um brechó.

Duas perguntas clássicas para encerrarmos a conversa. O que vocês acham de música brasileira? O que nós brasileiros podemos esperar do show do Javelin?

Nós amamos música brasileira. O George na verdade fez uma peregrinação pela Bahia há alguns anos, principalmente por causa da história musical do lugar. Estamos muito empolgados em tocar no Brasil! A plateia pode esperar muito suor, interação, mistura de estilos musicais e talvez até um crowd surfing... Vamos ver o que acontece!

SÓ PARA NÃO ESQUECER...
Já comprou o seu ingresso antecipado? São só míseros R$30, sem fila, nem taxa de conveniência. É só clicar aqui. Tá muito fácil, vai.

20 de agosto de 2010

MP3 do dia - Benoit Pioulard


Benoît Pioulard não é Benoît, nem Pioulard. Seu nome é Thomas Meluch. Ele escreve, fotografa e faz música. Nos três ofícios, passa a impressão de ser alguém que curte passeios pelo campo. Dá para imaginá-lo no alto de uma árvore, equilibrando-se sobre galhos, braço esticado rumo a uma goiaba. Será que é possível encontrar uma goiabeira nos Estados Unidos, em um passeio casual? Seria uma guava tree, fica a dica, nas palavras deles. Eu acho que não. Você precisaria de direções, ou um guia das goiabeiras americanas, ou um aplicativo de iPhone da Associação Americana de Produtores de Goiaba. Só quem sabe o que está fazendo é capaz de encontrar tão deliciosas frutas por aquelas terras.

Ah, estava falando do Pioulard. Eu gosto muito de sua música, sabe? E foi o Gustavo, que lembra um leão, mas é pacato como o senhor Meluch, quem trouxe as novas do novo LP, Lasted, o terceiro. Esta foi a missiva.

Lasted não traz a reinvenção de seu som. Continua calcado no seu meticuloso violão, modestas bases eletrônicas e a gentileza de sua voz, de um timbre tão próprio, muito maduro para a idade de quem a canta. Dos trabalhos anteriores, há uma discreta e solitária diferença: a maior restrição no uso de efeitos. O silêncio de Précis, o primeiro álbum, era gorjeado, meneio das folhas e reverberações. Aqui, há trechos bem limpos e com poucos pós-efeitos. Mas são esparsos. Ainda bem.

Explico: o moço sabe tramar belas melodias. Sem as texturas e as gravações de campo, porém, seu folk seria common folk. Talvez ele tivesse muitas goiabas a catar e um pouco menos de tempo para ficar em um estúdio fechado, manipulando geringonças frias.


[MP3: benoit pioulard - a coin on the tongue]
do álbum Lasted (2010)

FICHA
Quem: Benoît Pioulard (Thomas Meluch)
Onde: Portland, EUA
Myspace: http://www.myspace.com/pioulard

15 de agosto de 2010

Clipe novo do Yeasayer: Madder Red

Projeto Under30 Series traz ao Brasil a dupla do Brooklyn Javelin

A nossa cisma com o Javelin começou em outubro do ano passado, depois de uma viagem a Nova York. Nós asistimos a dupla ao vivo, no Bell House, e ficamos impressionados. Dentre as dezenas de shows que vimos, não houve uma noite mais divertida que aquela! Simpatia, batidas incríveis, e um repertório infinito de sons. Nunca vimos tantos hipsters dançando! Decidimos no ato que ainda os traríamos para o Brasil.

De lá para cá, muita coisa aconteceu: o Javelin lançou discos pela Thrill Jockey e a Luaka Bop (o selo do David Byrne, do Talking Heads), saiu na Wired, no New York Times, na XLR8R e no Pitchfork, e se apresentou em um monte de festivais incríveis. Rolou aquele hype básico (e merecido).

Hoje, é com imenso orgulho que anunciamos oficialmente a vinda da dupla para cá, dentro do projeto Under30 Series, que vem para levantar a bandeira da música boa a preços justos.

Para realizarmos o projeto, estamos contando com a grande força de amigos e interessados em ajudar esta causa. A ilustração lindona do nosso flyer foi feita pelo grande Oga Mendonça, e também vai virar um poster que estará a venda no dia do show.

Nos vemos no dia 28/08 no Estúdio EMME. Combinado?

Javelin aterrissa no Brasil em 28 de agosto, por apenas R$30

Dupla do Brooklyn traz seu som dançante e inovador para o Estúdio Emme, na primeira edição do projeto Under30 Series.

Dia 28 de agosto, no Estúdio Emme, acontece a primeira edição do projeto Under30 Series. O conceito por trás do evento é bem simples: bandas internacionais com menos de 30 anos, por apenas R$30. No palco do Under30 Series, subirão bandas e produtores que têm se destacado nos blogs, revistas e festivais mundo afora, a um preço muito mais baixo que o praticado pelo mercado brasileiro de entretenimento. Na escalação das atrações, não haverá distinção de gênero ou estilo musical; o foco estará em artistas cujo som é original, inovador e, claro, empolgante.

As estrelas da primeira edição são o Javelin, um dos mais inovadores e empolgantes nomes da nova música mundial. Os primos Tom Van Buskirk e George Langford, residentes no Brooklyn, vivem entre o digital e o analógico, o laptop e os vinis de sebo, criando composições pop ridiculamente dançantes. No repertório da dupla, disco, Motown, electro e hip hop misturam-se, sem linhas de costura.

É impossível saber ao certo como (e quando) os milhares de sons do Javelin foram criados. Seriam eles samples dos anos 70? Instrumentos vintage tocados pelos dois? Bases de sintetizadores baratos? Dificilmente você conseguirá arrancar esta informação dos rapazes. O grande charme da sua música está justamente nessa capacidade de soar nova e nostálgica, a um só tempo, aos ouvidos.

São quatro os discos lançados pelo Javelin: Jamz n Jemz, coletânea das suas primeiros demos, Javelin e 2, dois EPs que saíram pelo famoso selo inglês Thrill Jockey, e o primeiro álbum completo, No Más. Este último saiu em 2010 pelo Luaka Bop, selo de um senhor chamado David Byrne (sim, o lendário líder dos Talking Heads).

Apesar da mão de produtores de garagem, a dupla não deixa barato em suas apresentações ao vivo. Cantam, improvisam em MPCs e baterias eletrônicas, e se entregam às batidas. No início da carreira, também tiveram uma brilhante sacada: amplificar o show para uma parede de boom boxes (aqueles emblemáticos aparelhos de som do hip hop), via um sinal local de FM.

Esta reputação ao vivo garantiu sua escalação em vários dos maiores festivais do mundo, como SXSW, CMJ e Lollapalooza, e destaques em veículos como Wired, XLR8R, New York Times e Pitchfork.


Serviço:
Under30 Series com Javelin @ Estúdio EMME
28/08 às 23h30
Show: Javelin
DJs: Dominódromo (mtv.com.br/dominodromo) e 4e20 (http://www.4e20.org/)
Ingresso: R$ 30,00 (venda antecipada no site http://compreingressos.com/, pelo telefone 11 2626-5835, ou na bilheteria da casa, de terça a domingo, das 15h às 21h, ou em horário de funcionamento da casa)
Endereço: Av. Pedroso de Moraes, 1036 – Pinheiros
Aceita cartões Visa e Mastercard
Ar condicionado
Valet: R$ 15,00

11 de agosto de 2010

Clipe novo da M.I.A.: XXXO

Nesta sexta-feira 13 tem mais uma edição da Blogwars, com convidados especialíssimos

UEPA! Nessa sexta-feira 13 tem mais uma edição da Blogwars no Estúdio EMME.

Como a maioria já sabe, a festa é uma parceria entre os blogs Move That Jukebox, IM/UR e nós mesmos, o Dominódromo.

Desta vez, além do pessoal por trás dos três blogs discotecando, teremos uma aparição supresa e mais do que especial nas pickups de um artista gringo que está em solo brasileiro. Quem? Vc vai ter que se deslocar até lá para ver.

PS - um salve especial para o Oli Frape (www.olifrape.co.uk), que fez o nosso flyer desse mês.

Serviço:

Blogwars @ Estúdio EMME
13/08 às 23h30
DJs: Dominódromo, IM/UR,Move That Jukebox e convidado especial internacional
Entrada: R$ 30 (porta) e R$ 20 (lista: lista@estudioemme.com.br)
Endereço: Av. Pedroso de Moraes, 1036 - Pinheiros
Telefone: 11 3031-3290

10 de agosto de 2010

MP3 do dia - Twin Shadow


Costumava tirar sarro de baixistas. Pelo quê? Bem, você já deve ter imaginado alguns dos comentários: são os que menos sabem tocar, nunca aparecem nas fotos, mal são ouvidos sob as vozes, guitarras, ou pior, teclados...

Bobagem minha. Mais e mais, sucumbo diante de uma grande linha de baixo. São os baixistas que tornam bandas como Black Eyes, New Order e Professor Murder tão idiossincráticas e especiais. Nada reconforta mais que uma percussão calçada por um pulso grave, insistente e elástico.

Fiquei boquiaberto com o baixo de "Slow", do Twin Shadow. É ele que define a incrível introdução da música, uma entrada digna de causar arrepios. Isto já deveria calar minha boca sobre baixistas.

Mas tem mais: George Lewis Jr. é um multi-instrumentista. Não daria para tirar sarro do sujeito, ainda mais com sua voz de crooner de pop inglês.

Mais: seu disco vindouro, Forget, será lançado pela Terrible Records, de Chris Taylor (Grizzly Bear). Nada mal.

E mais: o cara tem presença, vide o clipe abaixo, uma audição para algum pornô tosco nos anos 80.

Pô, George, não precisa humilhar.

Twin Shadow 'Slow' (Sorta SFW) from Twin Shadow on Vimeo.

FICHA
Quem: Twin Shadow (George Lewis Jr.)
Onde: Brooklyn, EUA
Myspace: http://www.myspace.com/thetwinshadow

5 de agosto de 2010

MP3 do dia - Hipster Youth


Ao ouvir "Pop Song for Those with Short Attention Spans", penso em Grandaddy. Dia desses, vi que o Jason Lytle tinha um projeto solo, Admiral Radley. Lembra-se do Almirante Fortuna? Na não-adequação, só perdia para o Marronzinho. Queriam calá-lo. Eu tenho vontade de calar muitas pessoas. "Eu te amo calado, como quem ouve uma sinfonia"? WTF? Sinfonia de coração batendo, fôlego faltando? Ficar sem ar nos coloca no devido lugar. O fôlego é uma corda bamba. Vocês viram Man On Wire? Documentários têm me agradado mais que a ficção. Depois leia estas dicas para escrever ficção. Quem escreve dicas precisou de dicas antes? É todo aquele lance das bonecas russas; lá na origem, pensa bem, não havia antecessores. Gostaria de conhecer meus antepassados. Se bem que sou um tanto exigente e a decepção viria fácil. Nós (eu e você) temos parentes em comum, só que láááá para trás, né? Deveria me sensibilizar mais com os outros, sabendo que são da família. Mas nem os meus dentes são sensíveis; a minha dentina está ótima, obrigado. Deve ser triste sentir dor ao tomar sorvete. Como o meu avô faria média comigo, se não com picolés?



FICHA
Quem: Hipster Youth (Aidan Wall)
Onde: Dublin, Irlanda
Baixe o disco de graça em http://hipsteryouth.bandcamp.com/

1 de agosto de 2010

Clipe novo do Holy Ghost! (ft. Caroline Polachek) - I Know, I Hear

Além de participar da música, a incrível Caroline Polachek, vocalista do Chairlift, também deu as caras no novo clipe do Holy Ghost.

Saca aí:

27 de julho de 2010

MP3 do dia - Happy Birthday

Existe uma modalidade especial de MP3s do dia: a das músicas que ficam inexplicavelmente na minha cabeça, martelando, até que eu ceda e reconheça seus encantos.

Ao ouvir Subliminal Message, meu bom senso alertava: mantenha distância desta voz. Assim o fiz, ainda que em vão: a música continuou a tocar na cabeça.

"Se você não me ouvir de verdade, eu tocarei aqui dentro para todo sempre."

Diante disto, tive que ouvi-la. Fui forçado a fazê-lo, praticamente. Depois, porém, a obrigação passou. Continuei por gosto. A voz ganhou charme, tornou-se uma excentricidade adorável. E as melodias mostraram-se sem erros: vão pra lá e pra cá, insinuando sem perder a identidade. Quem as guiam são as guitarras. Sobram criatividade e técnica na maneira que são tocadas.

Isto me surpreendeu. Acho que a febre do lo-fi e da instrumentação tosca me deixou mal acostumado. Há quanto não ouvia uma música assumidamente de rock, de solos e riffs marcantes e elaborados na medida certa! Happy Birthday é rock roque, sem discopunk, garage ou folk. Se você me pressionar, assumo que ouço vestígios de glam no som. Pouco importa. Parabéns para estes moleques do inóspito estado do Vermont, com suas guitarras afiadas e seus sonhos de rockstar.


[MP3: happy birthday - subliminal message]
do disco Happy Birthday (2010)

FICHA
Quem: Happy Birthday
Onde: Brattleboro, EUA
Myspace: http://www.myspace.com/brattleborohousecartoon

21 de julho de 2010

Clipe novo do Neon Indian: 6669 (I Don't Know If You Know)

Muito bom!

Clipe novo do Broken Social Scene: Meet Me In The Basement

Esse clipe aí foi feito por um fã do Broken Social Scene, em resposta ao encontro do G20, que rolou em junho deste ano em Toronto, e gerou uma série de protestos por lá.

O cara mandou o vídeo para o BSS, e eles gostaram tanto que acabaram adotando ele como oficial. Ninguém sabe quem é o autor da obra, já que ele pediu anonimato.

MP3 do dia - Kisses vs Arthur Russell


People Can Do The Most Amazing Things, do Kisses, é bem boa. A dupla é um projeto paralelo de Jesse Kivel, mais conhecido como vocalista do Princeton. Ao seu lado, está a namorada, Zinzi Edmundson. Os dois são de Los Angeles. O disco de estreia deles, The Heart of the Nightlife, que também contém a blogada à exaustão Bermuda, está para sair.

Sabe quando o sujeito é melhor no hobby dele do que no ganha-pão? Então...


[MP3: kisses - people can do the most amazing things]
do disco The Heart Of The Nightlife (2010)

Notou o início dela? Agora, ouça The Platform On The Ocean, do genial (e finado) Arthur Russell:


[MP3: arthur russell - the platform on the ocean]
do disco Calling Out of Context (2004)

Homenagem? Plágio? Sei lá. O Kisses tem um pé bem fincado na disco music. Existe algum luminar mais visionário do gênero do que Russell? Se for para chupinhar, que seja de alguém como ele.

FICHA:
Quem: Kisses
Onde: Los Angeles, EUA
Myspace: http://www.myspace.com/blowkissess

Sobre o Arthur Russell, escrevi este texto aqui. Vale a pena se perder na obra do homem.

14 de julho de 2010

MP3 do dia - Oneohtrix Point Never


Oneohtrix Point Never não é música convencional. A proposta do senhor Daniel Lopatin, figura por trás do projeto, é claramente outra. Seus discos estão mais para viagens por paisagens sonoras. Tudo são lagos, colinas e céus de cores improváveis, preenchendo todo o campo da visão (tá, audição), com traços e texturas em constante oscilação.

Calma, ainda não me xingue de: a) pretensioso; b) cabeçudo; c) babaca. As ofensas são justificáveis, ôpa, mas gostaria de lhe pedir uma coisa antes: ouça OPN com cuidado. E justamente pela peculiaridade da música, recomendo um ritual todo próprio para isso. É mais ou menos assim:

- Reserve algum espaço na agenda;
- Pegue o notebook;
- Vá para o quarto;
- Tranque a porta;
- Acenda o abajur e apague a luz;
- Desligue o celular;
- Coloque o melhor fone de ouvido que você tiver;
- Deite-se;
- Apague o abajur;
- Tire a roupa (tá, isto é opcional);
- Feche o Twitter, o Gtalk, o MSN (eu não falei que seria fácil);
- Dê play;
- Tente não se tocar, só dessa vez.

Talvez você só ouça um emaranhado de sintetizadores. Mas talvez, e isto é bem improvável, você ouça algo mais, muito maior: Deus, Buda, o Santo Daime, Mussum, o Espaguete Voador ou sabe-se lá quem estiver do outro lado, esperando especificamente por VOCÊ, e mais ninguém.

Eu tenho certeza de que isto aqui faz alguma coisa com as ondas do seu cérebro. Só não sei ainda o quê, exatamente. Quer se arriscar?


[MP3: oneohtrix point never - betrayed in the octagon]
do disco rifts (2009)


[MP3: oneohtrix point never - stress waves]
do disco returnal (2010)

FICHA:
Quem: Oneohtrix Point Never (Daniel Lopatin)
Onde: Brooklyn, EUA
Myspace: www.myspace.com/pointnever

Clipe novo: Vondelpark - California Analog Dream XXX

Surgiu um vídeo para um dos nossos MP3s do dia, tão misterioso quanto o próprio Vondelpark.
Achei monótono, mas a música continua boa.

Vondelpark - california analog dream xxx from Hurley on Vimeo.

13 de julho de 2010

MP3 do dia - Civil Civic


Falar muito sobre Run Overdrive? Pra quê? Leva segundos para perceber seu propósito: ser barulhenta, direta ao ponto e, o mais importante, divertida. A guitarrinha, em overdrive, hah, é ótima. Nada mais adequado para o tal Dia do Rock.

Por ora, a dupla inglesa só lançou singles. E, como você perceberá, eles fazem a menor questão de incluir vocais. Isto, para o estilo que tocam - rock, e não algum tipo de post-rock-clássico-folk-electro-que seja -, é um tanto incomum e não deixa de ter o seu charme.

Aproveitem a folga. O próximo MP3 do Dia será cabeçudo em níveis históricos. Preparem-se.


[MP3: civil civic - run overdrive]
do single run overdrive / fuck youth (2010)

Quem: Civil Civic
Onde: Londres, Inglaterra
Myspace: www.myspace.com/civilcivic

12 de julho de 2010

Clipe novo do Sore Eros: Shake The Walls

O Sore Eros está ficando mais e mais parecido com Flaming Lips das antigas, hein?



Shake The Walls faz parte de Know Touching, novo disco do projeto de Robert Robinson (que nome), ainda não lançado.

24 de maio de 2010

Clipe novo do The Drums: Forever & Ever Amen

Clipe novo da Florence and The Machine: Cosmic Love

Clipe novo do Rosie and Me: Bonfires

O Rosie and Me está conquistando corações por onde passa, e tenho certeza de que ainda irão conquistar muitos, ainda mais se continuarem fazendo tudo com tanto cuidado.

Ameio o clipe novo deles, de Bonfires. Produção simples, porém super bem feitinha, o que faz toda a diferença.

Ingleses do We Have Band fazem apresentação única em SP, amanhã, na HotHot. Saiba como ganhar ingressos!

O divertido trio inglês, We Have Band, chega ao Brasil para única apresentação, amanhã, na HotHot. O show é mais uma das ações ligadas a música que a marca EMME anda fazendo por aí, e uma prévia do que vai rolar no Estúdio EMME, nova casa de shows que abre na segunda quinzena de junho, em Pinheiros.

Além de nós do Dominódromo aparecermos por lá, discotecando ao lado do Database, ainda vamos agraciar um leitor sortudo com um par de ingressos para a noite. Quem quiser concorrer, é só mandar um e-mail para contato@dominodromo.com.br com o seu nome completo e esperar. A gente anuncia o ganhador amanhã, às 18h.

Para quem ainda não conhece o We have Band, aí vai uma amostrinha do que vai rolar por lá:

Vai ser impredível!

Serviço:

EMME apresenta We Have Band @ HotHot
Terça-feira, 25 de maio às 23h
Show: We Have Band (UK)
DJs: Database e Dominódromo DJ Set (Karen Kopitar + Fernando Araújo)
Ingresso: R$ 50,00 (antecipado:
http://www.ingressorapido.com.br/Evento.aspx?ID=10993)
Endereço: Rua Santo Antônio, 570
Informações: (11) 2985-8685 e
http://www.hothotsite.com.br/

23 de maio de 2010

Clipe novo do Memoryhouse: Lately

Veja o Bear Hands tocando ao vivo três músicas do seu disco de estreia

O Bear Hands, que tocou aqui em São Paulo no ano passado, no Brooklyn Bridge, gravou uma sessão no começo do ano, no Rumpus Room, em Nova York, mas só agora o vídeo da apresentação caiu na internet.

No vídeo aí embaixo dá para ver três músicas novas dos caras, que estarão no seu disco de estreia, e ainda What a Drag, que vocês já devem ter ouvido por aí, no clipe que a gente postou, no show aqui em SP, ou na pista em alguma das nossas discotecagens.

Saca aí:

Clipe novo do Zola Jesus: Night

Lembra do nosso especial sobre o eletrogótico? O Zola Jesus estava lá, e acaba de lançar mais um clipe sombrio! UI!

Cuidado! O espelho pode fazer mais do que roubar a sua alma.

Clipe novo do The Big Pink: Tonight

Clipe novo da Karina Buhr: Nassíria e Najaf

20 de maio de 2010

Clipe novo do Tokyo Police Club: Breakneck Speed


Clipe novo do The Pains of Being Pure At Heart: Higher Than The Stars

Clipe novo do Rainbow Arabia: Holiday In Congo

Em janeiro desse ano o Rainbow Arabia fez um show MUITO bom para poucas pessoas aqui em São Paulo, e na ocasião a gente até entrevistou os caras, olha aqui.

Agora surgiu na internet o novo clipe deles, da música Holiday In Congo, que foi filmado durante a passagem deles pelo Brasil. O vídeo mostra um grupo de pessoas fantasiadas de Michael Jackson, andando e dançando pelas ruas do Rio de Janeiro.

13 de maio de 2010

Já sabe o que vai fazer no dia dos namorados? O AlanDelon te conta, ou não!

Mais uma coisa que eu esqueci de falar aqui, mas ainda está em mais do que em tempo. O AlanDelon está fazendo mais uma super promo. No final do ano passado, eles mandaram na casa de todo mundo que participou da primeira um CD com um single de natal, e algumas musiquinhas extras. Amei o meu!

Agora ele estão fazendo um mistério só sobre qual será o prêmio, mas segundo a Gigi, ela vai dar umas dicas no blog dela no período de inscrição. A mecânica é a seguinte: você tem que twittar ou comentar em qualquer lugar da web a seguinte frase: “Nesse dia dos namorados, eu tô pegando o AlanDelon”. Depois de anunciar ao mundo que você está pegando o AlanDelon, é só mandar um e-mail para listentoalandelon@gmail.com, dizendo onde você publicou a frase, e qual é o seu endereço.

É mamata minha gente! Todo mundo ganha, então não deixe de participar. Se o presentinho for tão legal quando o CD todo mundo vai estar bem!

Ah! E não deixem de acompanhar o blog. Sempre tem umas coisas legais por lá!

Vênus de Milo com dois braços #24: O Dia das Lojas de Disco

Por Bruno Scartozzoni.

Depois de muito tempo visitei a Galeria do Rock, no centro de São Paulo. Na adolescência tinha o hábito de ir lá algumas vezes por ano para comprar aquele CD de rock que não encontrava em mais nenhum lugar. Com o tempo migrei para o MP3, assim como quase todas as pessoas. Resultado: as lojas de discos, tanto na rua quanto no shopping, fecharam. Na Galeria do Rock não podia ter sido diferente. Há 15 dias atrás constatei isso.

Mas é curioso ver como o lugar que antes vendia música agora vende comportamento. A Galeria do Rock continua sendo frequentada pelas mesmas tribos de antes (ou correspondentes), só que a maioria das lojas de CDs deram lugar à lojas de camisetas, acessórios, estúdios de tatuagem e coisas do tipo. Você vai lá não mais para ouvir rock, mas para vestir rock.

Pois bem, diferentemente daqui, lá no Reino Unido parece que o pessoal ainda cultiva um tanto as lojas de música, sobretudo as mais independentes. É por isso que criaram o Records Store Day, um dia cujo objetivo é incentivar as pessoas a frequentarem essas lojas. Para isso fazem promoções, lançam itens de edição limitada e organizam festinhas. Uma iniciativa pra lá de legal, cuja edição 2010 teve como embaixador o Josh Homme, do Queens Of The Stone Age e do Them Crooked Vultures. O vídeo dele você vê aí embaixo.


via Update or Die

Clipe novo do Mates Of State: Love Letter (Nick Cave Cover)

Eu nem tive tempo de comentar isso aqui ainda, mas, como vocês já devem estar sabendo, o Mates Of State, a banda que mais me deixa feliz no mundo, está lançando um disco só de covers chamado Crushes.

O primeiro clipe do álbum acaba de sair, e é para a versão que a banda fez de Love Letter, do Nick Cave. Achei o vídeo meio cafona, mas não tem como não amar esses dois : )

12 de maio de 2010

Amanhã tem SODA POPINSKI, na Neu! Ganhe vips aqui!

Quinta, dia 13, tem a próxima Soda Popinski, a festa do Dominódromo no Neu!

Como você já sabe, a proposta (quase um desafio, na verdade) é só tocar novidade. Sorte a nossa que, da última festa pra cá, apareceram MUITAS músicas boas. Vai ser 2010 FTW.

As nossas convidadas da vez são Renata Chebel ( http://sp00.net/blog/) e Mariana Rezende (http://anyothershoes.wordpress.com/).

Para ter uma ideia do que rola por lá, é só dar uma olhada no nosso tumblr http://sodapopinski.tumblr.com/.

Ah! E não se esqueça de chegar cedo porque tem double drink até a meia-noite. E se você quiser mais uma mamata, escreve para a gente no contato@dominodromo.com.br, fala qual música você que ouvir por lá, e concorra a VIPs.

Atéééééé.

SODA POPINSKI @ Neu!
13/05 às 23h
DJs: Dominódromo (Karen & Fernando) e Renata Chebel e Mariana Rezende
Entrada: R$ 10
Endereço: Rua Dona Germaine Burchard, 421

Made in Paraguay #42: Cousins (Vampire Weekend) por Homem Invisível e Nereu (Trio Mocotó)

Na semana passada eu já tinha falado aqui sobre o novo projeto do Homem Invísíel, o Laboratório Invisível, onde eles sempre convidam outro artista para gravar um cover de uma música que ele não tem ideia de qual será.

Desta vez o convidado é o Nereu, do Trio Mocotó, e a faixa escolhida Cousins, do Vampire Weekend.

Ficou demais!

7 de maio de 2010

Beach House toca música nova em show

Ontem à noite o Beach House fez um show no Webster Hall, em Nova York, e tocou uma música inédita, chamada White Moon.

O som tá meio zoado, mas ouve aí que belezura:

Veja making of de Infinite Arms, o novo disco do Band Of Horses

O disco novo do Band Of Horses, Infinite Arms, já está beeem perto de sair do forno, no dia 18/05, e a banda decidiu dar um agradinho para os fãs, liberando na internet um making of do álbum.

O vídeo mostra bem as mudanças no processo de composição da banda, já que antes apenas o Ben Bridwell compunha as músicas, a agora rolou uma colaboração geral dos caras.

O Ben está até mais simpático, nem parece aquele mal humorado que mostrava o dedo para a platéia quando tentavam filmar o show deles.

6 de maio de 2010

Clipe novo do Chemical Brothers: Swoon

Dominódromo indica: Noite Alavanca com Apanhador Só e Bazar Pamplona na Livraria da Esquina

Nessa sexta-feira, 07/05, rola mais uma Noite Alavanca, na Livraria da esquina. Nessa edição mais do que especial sobrem ao palco o divertido Bazar Pamplona, e o Apanhador Só, que acaba de lançar um elogiadíssimo disco homônimo, que você pode baixar gratuitamente aqui.

A parceria entre as bandas é antiga. Eles gravaram juntos a faixa O Porta Retrato, que faz parte do primeiro disco do Apanhador, e estará no segundo do Bazar.

Além dessas duas maravilhas, e Dominódromo também estará presente discotecando entre os shows. Uma honra para nós!

Serviço:

Noite Alavanca @ Livraria da Esquina A
Shows: Bazar Pamplona e Apanhador Só
DJs: Fernando Araújo, Karen Kopitar e Rodrigo Maceira (Dominódromo)
Entrada: R$ 15
Endereço: Rua do Bosque, 1254 – Barra Funda

3 de maio de 2010

Chromeo fala sobre o seu novo disco, Business Casual

O Chromeo está em estúdio gravando o seu novo disco, Business Casual, que sai em agosto, e a Fader deu uma passadinha por lá para ver como as coisas vão indo.

Agora me fala: dá para ver isso aqui e ficar parado?