30 de janeiro de 2008

club de las serpientes #1 - juan stewart

Existe um sujeito notável chamado Rodrigo Maceira. Trabalhamos juntos, tivemos conversas que mudam vidas, ouvimos muita música boa e tivemos um zine. Hoje, ele tem um selo, si no puedo bailar, no es mi revolución , e um blog de fragmentos do melhor livro que você ainda não leu.

O Rodrigo, sujeito notável que é, escreverá uma coluna semanal, Club de las Serpientes, sobre música latino-americana. Seu formato nada tem de convencional. Assim como a música apresentada. Assim como o sujeito por trás das palavras.




Na saída, ela brincou: "você vai ouvir Stewart". "Ah, é?" - respondi, meio sem jeito. "Juan Stewart?" - emendei. "Ouvi já". E, no caminho de volta, com i-pod pequeno, as faixas atropeladas na mão, ansioso, querendo encontrar depressa as peças do compositor tão contemporâneo. "Compositor contemporâneo?" - o próprio Juan, numa conversa improvisada, entre boas risadas, numa tarde em São Paulo. Julieta indo embora, eu voltando. E Juan, em Buenos Aires, receoso, cheio de dedos para aceitar o título de "compositor contemporâneo". "Tocava numa banda de rock", argumentou Juli, em frente a uma galeria da Thames, em Palermo."Rock, che!". "Mas é mistura de Eno e melodia portenha. Sonic Youth, Basinski e Jaime sin tierra, em vários movimentos". Jaime sin tierra, banda argentina independente, meados dos 90, Stewart no baixo. Depois, carreira solo, três discos, ambient e eletrônica, rock e minimalismos. "Ouviu o disco novo?" - Juli, na mensagem que mandou semana passada. "Disco de 2007" - eu, curto e grosso, nessa caixinha de mensagem instântanea do Gmail.
Rodrigo Maceira







[MP3: juan stewart - madrigal]
http://myspace.com/juanstewart

2 comentários:

juliana disse...

que legal.
adorei a idéia da coluna.

adoro a música que tem sido feita na américa latina de 2000 pra cá.

moro em natal, mas quando estive em são paulo por causa do rapture fiz questão de passar na sensorial e comprar meu 'este oceano es el tuyo es el mío'.

isso só reforçou minha identificação. tanto que uns amigos e eu criamos uma festa mensal chamada 'lo que sea'.

¡viva nuestra revolución!

Rodrigo disse...

Juliana, que beleza o coment�rio!! Pura alegria encontrar mais gente no "club". E a festa, ent�o? Lo que sea... Vamos pensar alguma coisa juntos. Logo mais, sai a segunda colet�nea, edi�o pra l� de classuda. O Carlos (Sensorial) at� liberou uma interven�ozinha na loja. Vou tirar foto e p�r l� no myspace. Besos, chiquilla :O) Rodrigo