24 de agosto de 2007

amy winehouse e a violência doméstica

Amy Winehouse e o seu marido desentenderam-se e resolveram solucionar o impasse à moda medieval: socaram, chutaram e cortaram um ao outro. O resultado está aí acima.

Os pombinhos não acreditam na velha crença de se lavar a roupa suja em casa: levaram as desavenças para o hotel onde estavam. Sobrou para o quarto, completamente quebrado na briga, e para os hóspedes do mesmo andar, que acordaram com a bagunça, mesmo pagando R$1.800 pela diária.

O conflito tornou-se mais público ainda quando Amy decidiu fugir do marido e correu, ensanguentada e aos berros, pelos corredores e escadas do prédio. Ele a perseguiu até a rua, lógico, mas Amy conseguiu parar um carro e pegar carona até uma loja de conveniência distante de lá.

Antes de julgamentos apressados, cabe notar que logo depois da treta, o casal foi visto aos chamegos. Amy chegou ao extremo de defender o maridão, chamando-o de "anjo que salvou minha vida". Tough love.

Um comentário:

Tetsuo disse...

Quem eu estou vendo ensanguentado é o marido...rsrs